Festival de Teatro de Curitiba

De 20 a 30 de Março de 2008

Mais de 300 espetáculos e performances serão apresentados durante a 17ª edição do Festival de Curitiba. De 20 a 30 de março, teatros, praças, ruas e bares da capital paranaense vão ser palco para maior festa das artes cênicas no país. Os ingressos começam a ser vendidos a partir de 18 de fevereiro no quiosque do Festival no ParkShopping Barigüi (Curitiba) e pelo site da Ingresso Rápido. A programação poderá ser conferida no site a partir de 15 de fevereiro.
Ano passado eu assisti a três peças:
Fotos Diego Pisante / WEBCLIX

O Incrível Menino na Fotografia – um monólogo apresenta um menino preso em uma fotografia (?). Dessas fotografias que tiravam antigamente, da criança sentada em uma carteira escolar com um globo de um lado e as bandeiras do outro. Não gostei mas não posso deixar de parabenizar o ator que ficou durante quase uma hora imóvel mexendo praticamente só a boca. A apresentação foi no Teatro Paiol, bem apropriado para o cenário da peça.

Foto Daniel Sorrentino / WEBCLIX

Essa Nossa Juventude – Teatro da Reitoria lotado. Será que todos estavam realmente interessados na peça? Quando o Cauã Reymond entrou no palco tive certeza que não. Gritinhos estéricos foram ouvidos e muitos flashs foram disparados. Percebi que metade do teatro estava tomado por “globletes noveleiras”. Mas nada que prejudicasse o desenrolar da história. Gostei.

Fotos Demmis Nielsen / WEBCLIX

Sonho de Uma Noite de Verão – Talvez o fato de eu quase ter sido uma das fadas desta peça no colégio (no final a nossa “adaptação” não foi encenada) me faça sempre querer ver esta história. A adaptação para o público infantil foi muito bem feita e a peça foi encenada numa espécie de tenda de circo armada no Sesc da Esquina.

Como as peças são muitas e o tempo é curto (apenas dez dias) assim que possível vá atrás da programação e dos ingressos. Principalmente para aquelas peças com “atores globais” e que são da mostra oficial pois esses esgotam rapidinho. Mesmo que você não tenha tempo nem dinheiro faça uma forcinha, assista pelo menos uma peça, vale a pena e outro desses só no ano que vem.